HomeCategorias InternacionaisOcon: oitavo lugar em Miami é "como uma vitória"

Ocon: oitavo lugar em Miami é “como uma vitória”

Piloto da Alpine afirmou que fez uma corrida perfeita mesmo correndo apenas "50% fisicamente"

PUBLICIDADE

O oitavo lugar conquistado no Grande Prêmio de Miami deixou Esteban Ocon muito satisfeito. O piloto sofreu uma forte batida no muro durante o treino livre de sábado (07) e os impactos da colisão o tiraram do classificatório. Ocon fez a largada dos boxes e cruzou a linha de chegada em oitavo. Em entrevista ao site Motorsport, ele classificou o resultado como uma vitória e afirmou que fez uma corrida perfeita.

“Havia claramente uma montanha a escalar para todos nós, mas acho que desde a estratégia até as chamadas de rádio, o gerenciamento de pneus, tudo foi perfeito hoje. Terminar na zona de pontuação estando 50% fisicamente também, para mim é como uma vitória”, comentou.

Ocon comentou que não é bom chegar a corrida apenas “50% fisicamente” após o forte impacto sentido na batida. Ele também comparou o clima de Miami com Singapura e colocou comoum desafio durante a corrida.

“É um desafio diferente com certeza, pode dar errado, pode dar certo. Hoje deu certo, mas não é muito agradável, como eu disse, correr 50% fisicamente. É tão difícil quanto Singapura aqui em termos de umidade e calor”, refletiu.

O francês também comentou sobre sua estratégia em usar pneus duros durante boa parte da prova. Ocon afirmou que a estratégia foi penasada para que o pneu durasse e que a execução da ideia foi mais difícil do que o pensado, mas que funcionou. A troca para pneus leves aconteceu na reta final da corrida enquanto o safety car estava na pista.

“Sabíamos o que tínhamos que fazer. Queríamos ir muito longe com os pneus duros, queríamos que esse pneu durasse muito, então eu estava conseguindo um pouco no início. Foi mais difícil do que o esperado, pensei que o pneu nunca fosse ligar para ser justo, mas aconteceu, então isso foi bom. Não fomos muito rápidos na largada, e depois o ritmo aumentou devagar, devagar, e nos tornamos muito rápidos em comparação com os outros carros”, comentou.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais