17 C
Daytona Beach
quarta-feira - 12 janeiro 2022
HomeCategorias InternacionaisFórmula E a um passo do E-Prix no Canadá em 2022

Fórmula E a um passo do E-Prix no Canadá em 2022

Após uma ausência de cinco anos, a Fórmula E está a um passo de regressar ao Canada. A Câmara Municipal de Vancouver aprovou por maioria esmagadora o evento de três dias no bairro de False Creek.

Os nove votos a favor – o Presidente da Câmara, Kennedy Stewart, estava ausente – deixam agora a situação a ser resolvida e tratada pela ABB FIA Fórmula E.

Há a expectativa de a organização celebrar um contrato com o OSS Group, promotor de corridas com sede em Montreal, e estabelecer uma data em julho para Vancouver para o calendário 2022, enquanto se aguarda a aprovação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

Para além das corridas, o evento incluirá uma conferência de dois dias centrada na eletrificação do transporte, contendo ainda grandes concertos na sexta e sábado à noite.

Oficialmente chamado de Vancouver E-Prix, o fim de semana marcará apenas a segunda vez em que a Fórmula E vai correr no Canadá.

Infelizmente, o evento de Montreal de 2017 foi muito controverso devido a excessos de custos e brigas políticas envolvendo prefeituras.

Mitch Evans (Panasonic Jaguar Racing) no E-Prix em Montreal, em 2017.
Mitch Evans (Panasonic Jaguar Racing) no E-Prix em Montreal, em 2017.

Em Vancouver, muitos moradores reclamaram do incômodo causado pelas corridas pelas corridas da Indy de 1990 a 2004.

As queixas de ruídos e transtornos por parte dos residentes fez com que a Fórmula Indy arrumasse suas malas e nunca mais voltasse.

Mas a história com os carros de Fórmula E tem tudo para ser diferente. Diz-se que o Skytrain, nas proximidades, é mais barulhento.

Além disso, a pista utilizará algumas partes do antigo circuito da Indy, embora, de acordo com o promotor da corrida, “56% menos ruas da cidade” do que a Indy.

As arquibancadas temporárias e outras áreas de observação serão erguidas para uma capacidade para 56.000 espectadores.

“Desenhamos a pista e obtivemos aprovação para a mesma. Nós compreendemos perfeitamente que ruas precisam ser fechadas e que é preciso fazer desvios”, disse o CEO do OSS Group, Matthew Carter, durante a audiência pública virtual do conselho na qual foi definida a aprovação.

“O que estamos a oferecer é muito mais do que uma simples corrida de Fórmula E. Os três componentes, quais sejam, a conferência de negócios, os concertos e a corrida são conteúdos muito únicos”, complementa Carter.

O diretor de desenvolvimento da Fórmula E Cidades, Oliver McCrudden, disse ter ficado impressionado com o plano do Grupo OSS.

“A análise e o planejamento de eventos têm sido exemplares. A visão para um evento de corrida na cidade, do modo que a OSS fez, deixa-me claro que Vancouver se encaixa maravilhosamente ao lado dos outros nomes da nossa lista global”, disse McCrudden.

Carter concorda e espera que o conceito multi-evento se torne um plano para as corridas de Fórmula E avançarem em todo o mundo.

“Espero que (Vancouver) se torne a jóia, a coroa da Fórmula E. Desejo que eles levem este modelo de negócio para outras cidades em todo o mundo”, disse o CEO do Grupo OSS. “É uma proposta muito diferente para uma corrida normal da Fórmula E”.

Leia mais

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique ligado

1,032FãsCurtir
350SeguidoresSeguir
436SeguidoresSeguir
3,400InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas notícias