HomeCategorias InternacionaisFórmula 1F1: Alpine anuncia Piastri para 2023; australiano desmente equipe

F1: Alpine anuncia Piastri para 2023; australiano desmente equipe

Após Szafnauer, chefe da Alpine, repercutir com fala sobre "obrigações contratuais" do australiano desmente: "não vou correr pela Alpine em 23"

PUBLICIDADE

A Alpine anunciou nesta terça-feira (2) que Oscar Piastri será o substituto de Fernando Alonso a partir de 2023 na Fórmula 1, mas acabou desmentida pelo piloto via redes sociais. “Não vou correr pela Alpine em 2023”, disse o australiano.

Do ponto de vista da equipe, após uma temporada tendo Piastri como piloto reserva, o australiano recebe uma oportunidade como titular a partir do próximo ano. Mas é no mínimo estranho o silêncio do novo reforço, visto que uma notícia como essa, mesmo diante do fuso horário australiano, é para ser reverberada.

Piastri repete Palou e desmente equipe

Via Twitter, o australiano desmentiu a Alpine: “Eu entendo que, sem meu consentimento, a Alpine divulgou um comunicado que eu vou pilotar para eles no ano que vem. Isso é errado e eu não assinei contrato com a Alpine para 2023. Eu não vou guiar para a Alpine no próximo ano”.

História semelhante aconteceu na Fórmula Indy – e que os desdobramentos entraram na esfera jurídica. Em 12 de julho, a Ganassi anunciou a extensão de contrato de Alex Palou, mas com um depoimento do piloto no comunicado, porém, o espanhol adotou o silêncio nas redes sociais.

Quando apareceu para se pronunciar, Palou disse que não autorizou a divulgação do comunicado e nem que falou o que atribuíram a ele no release. Na sequência, disse que não ficaria na equipe em 2023. Minutos depois, a McLaren anunciou a contratação do atual campeão da Indy.

McLaren poderia estar atrás de Piastri

Nesta manhã, uma entrevista de Otmar Szafnauer repercutiu, alegando que o australiano tinha “obrigações contratuais” ao ser questionado a possibilidade de que ele teria assinado um pré-contrato com a McLaren, o rumor do momento. Além disso, o dirigente pediu tempo para responder sobre o futuro de Piastri, afinal, tudo aconteceu muito rápido – com o fuso horário da Austrália atrapalhando as negociações.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais